China quer proibir consumo de carne de cachorro e de outros animais

china-proibe-consumo-de-carne-de-animais

China quer proibir consumo de carne de cachorro e de outros animais

A China mostrou intenção de banir o consumo de carne de cães e gatos, de acordo com jornais internacionais. Um dos motivos são os protestos da crescente classe média chinesa, e que tem como hábito possuir animais de estimação em casa. Outro fator que tem pressionado o governo é a suspeita de que o novo coronavírus tenha surgido do trato incorreto de carnes de animais selvagens.

Apesar de não ser uma prática recorrente em todo o território chinês, algumas localidades mantém o comércio de cães vivos para o abate. A prática tem seu ponto máximo todos os anos com o festival que acontece em Yulin, no qual – calcula-se – cerca de 10 mil cães sejam mortos anualmente.

A proposta de proibição ainda não tem confirmação pelas autoridades, mas indica uma crescente preocupação contra maus-tratos e irregularidades sanitárias. Pretende-se banir, também, consumo das carnes de cobra, sapo e tartaruga.