Abinpet.org.br | Notícias
16071
page,page-id-16071,page-template,page-template-blog-large-image-whole-post,page-template-blog-large-image-whole-post-php,ajax_updown,page_not_loaded,boxed,,qode-title-hidden,side_area_uncovered_from_content,qode-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

inproveter

Evolução em nutrição animal

 

Localiza em Bom Despacho (MG), a Inproveter desde o início de suas atividades em 1993 esmera-se na garantia de qualidade de seus produtos, tornando-os destaque em seus respectivos segmentos.

A consolidação na área Pet Food deu-se já em 1996 com a criação da marca Papa-Dog. Hoje a empresa hoje está presente em 17 Estados do país, tendo em seu portifolio mais de cem itens distribuídos nos segmentos de Pet Food e de Insumos.

A seguir, o diretor de produção, Eduardo Amaral, fala sobre o desenvolvimento de produtos na empresa  e os desafios que o setor enfrenta:

 

Como é o processo de pesquisa e desenvolvimento de produtos em uma empresa 100% nacional?

O desenvolvimento de produtos na Inproveter baseia-se no ajuste de nossas marcas e portfólio de produtos às demandas dos mercados que já atuamos ou queremos atuar. Em paralelo um trabalho minucioso com a elaboração do produto em si – desde a seleção de matérias primas até o acabamento, sempre submetidos a um rigoroso processo de controle e análise.Também levamos em consideração os impactos locais e regionais, além das tendências no País e no mundo.

Qual a representatividade do setor pet para as atividades da empresa?

Quase metade do faturamento do grupo está no setor Pet, através de cinco marcas para cães (Cão Brother, Papa-Dog, Zorro, Tufão e Fiuk) e três para gatos (Papa-Cats, Zorro Cat e Fiuk Cat).

Como entende os principais desafios do setor atualmente, e qual caminho deve ser trilhado?

Acredito que serão necessários níveis maiores de profissionalização em toda cadeia, incluindo distribuidores e varejistas, para que assim seja possível crescer de forma organizada, com margens saudáveis e tributos mais justos. Apesar da crise que o Brasil enfrenta, a Inproveter continuou investindo e, ainda este ano, inaugurará uma nova e mais moderna planta, ampliando muito a sua capacidade produtiva.

Qual a importância de associar-se a uma entidade representativa do setor pet, como é a Abinpet?

Alguns temas e causas, quando tratados isoladamente, são mais dispendiosos e têm menor chance de sucesso do que quando tratados por uma entidade como a Abinpet. É fundamental que existam visões e práticas corporativas muito fortes, sobretudo para grandes questões, como as tributárias. Além disso, esperamos que a Associação torne-se cada vez mais um depositário da chamada “Inteligência de Mercado” para nos auxiliar nessa empreitada.

Acesse: http://www.inproveter.com.br/.

TFB

Brinquedo é coisa séria

 

A Toy for Bird nasceu há mais de dez anos na cidade de Teresópolis, no Rio de Janeiro. Com orientações de veterinários e biólogos especializados em animais silvestres, a empresa desenvolve produtos voltados diretamente às necessidades e preferências instintivas de cada animal.  A seguir, o CEO Dario da Costa fala sobre os cuidados ambientais que a empresa pratica  e o motivo da escolha da segmentação da mesma.

 

O que levou a empresa escolher segmentar em brinquedos para aves e roedores?

A empresa surgiu do desejo de melhorar a qualidade de vida dos animais que estão fora de seus habitats.  Quando vimos que o setor de brinquedos para pássaros e roedores não estava sendo bem compreendido, decidimos estudar e investir nesse segmento. Para se ter ideia, antes, os veterinários não indicavam o uso de brinquedos, pois alegavam que, como os pássaros são muitos frágeis, alguns tipos poderiam machucar ou até levar à morte do pet. Mas não é bem assim.

Como é o processo de desenvolvimento de produto na empresa?

Todos os nossos brinquedos são desenvolvidos por veterinários e biólogos para atender às necessidades dos animais. São produtos seguros, que não machucam, feitos de madeira e sem uso de plástico ou produtos químicos. Hoje, nossa linha é composta por mais de 250 produtos, todos certificados.

Um dos princípios da empresa é o cuidado com o meio ambiente. Por que isso é importante e quais as medidas tomadas por vocês?

Nossa preocupação vai além de “apenas” ajudar. Temos uma responsabilidade e cuidado com o meio ambiente. Toda madeira utilizada na confecção dos nossos produtos advém da poda de árvores da prefeitura da cidade, ou seja, não cortamos nenhuma para nossa produção. Retiramos e reutilizamos cerca de oito toneladas de madeira por mês. Além disso, em nossa fábrica, preservamos mais de 6 mil metros quadrados de Mata Atlântica, reutilizamos a água da chuva, e utilizamos papéis reciclados em nossas etiquetas e no uso diário.

Quais são os principais desafios para o setor?

Nosso principal desafio é conseguir conscientizar todos os donos de pássaros que o brinquedo não é apenas um acessório. Estudos comportamentais confirmam que os animais ficam mais dóceis e calmos quando se divertem.

Por que se associar à Abinpet?

Ser um associado Abinpet é fundamental para todos os players do segmento, pois além de pesquisas de mercado e informações comerciais, também é possível construir um bom networking. Todos os associados estão ali para trocar conhecimentos, se ajudar e crescer juntos. Recentemente, participamos da feira SuperZoo, e isso só aconteceu porque pudemos contar com a ajuda da Abinpet; sozinhos, não teríamos conseguido fechar negócios tão bons.

Acesse: https://www.toyforbird.com/.

luopet

O que há de melhor em petiscos

 

A Luopet iniciou sua história em 2015, pautada em responsabilidade, respeito aos clientes, e principalmente cuidado e nutrição dos pets. Comprometida com a excelência na qualidade dos produtos, a empresa, localizada em Descalvado, no interior de São Paulo, atende a todas as regulamentações e contribui para o meio ambiente reaproveitando a água da chuva. A seguir, o diretor geral Bernard Pouloux, fala sobre a escolha de trabalhar com petiscos e sobre o mercado pet brasileiro.

 

Como é o processo de pesquisa e desenvolvimento de produtos na Luopet?

Na Luopet, o desenvolvimento dos produtos é pautado em pesquisas de inovação e funcionalidade, lideradas por especialistas em nutrição de cães e gatos. O resultado são snacks saborosos e exclusivos, feitos com o que há de melhor em ingredientes e matérias-primas e com formatos diferenciados.

O mercado pet é bem amplo, o que levou a empresa escolher segmentar em petiscos?

O segmento de petiscos representa apenas 1% do mercado total de pet food e apenas 20% dos proprietários de cães e gatos compram petiscos. Diante deste cenário, vimos oportunidade para fazer e desenvolver.  Atualmente temos duas linhas: a Cat Menu, com quatro produtos, e a Dog Menu, com três.

Em sua opinião, quais os desafios do mercado pet brasileiro?

Eu vejo que faltam informações claras para os proprietários para que eles possam adquirir o produto que realmente buscam. Uma boa solução seria o treinamento contínuo nos pontos de venda.

Quais foram os motivos que os levaram a associar-se à Abinpet?

Eu já conhecia a Abinpet através de outra empresa na qual trabalhei; éramos associados. Posteriormente, fui Presidente de Conselho da instituição. Acho de extrema importância fazer parte da associação de classe do meu segmento, para assim participar e contribuir com a evolução do mesmo.

Acesse: http://luopet.com.br/.

nutridani

Mantendo o seu pet seguro

 

Fundada há 15 anos, a Nutridani, empresa localizada em Cambira (PR), especializou-se em alimentos completos e balanceados para cães e gatos. Na entrevista a seguir, o diretor executivo Walter Lima Júnior, fala sobre o mercado pet e os diferenciais da empresa.

 

Que tipo de produto a empresa fabrica e quais os principais mercados dentro do setor pet?

A Nutridani trabalha com rações para cães e gatos, atendendo o mercado de produtos básicos e intermediários.

Qual o principal diferencial da Nutridani em um mercado tão competitivo?

Acredito que o grande triunfo da Nutridani seja a eficiência na logística. Hoje, todos os estados são atendidos por meio da distribuição, com rapidez e agilidade. Isso evita a ruptura nas vendas.

Na sua opinião, quais são as oportunidades e desafios do mercado pet brasileiro?

O mercado pet ainda tem muito espaço para crescer. Algumas regiões brasileiras possuem grande potencial de compra. Além do crescimento vertical, com aumento da participação dentro das lojas já atendidas, identificamos espaço para crescer horizontalmente, em cidades que ainda não estão sendo exploradas. Contudo, as questões tributárias são um dos maiores desafios de crescimento do setor. A simplificação do modelo tributário ajudaria na expansão.

Quais foram os motivos que levou a empresa a se associar à Abinpet?

Escolhemos trabalhar com a Abinpet por conta da assessoria prestada à nossa empresa. Todos os contatos feitos com a Associação foram prontamente atendidos e resolvidos.

Acesse: http://www.nutridani.com.br/.

lupus

Fomentando relacionamentos com distribuidores

 

Com o propósito de tornar-se uma das maiores empresas de pet food do Brasil, a Lupus Alimentos originou-se em 2009 da conceituada Nutriara Alimentos, fundada 18 anos antes. Comprometida com a nutrição e segurança alimentar dos milhares de animais que consomem seus produtos, a empresa estabeleceu parcerias com qualificados fornecedores de matérias-primas, asseguradas por análises em seu moderno laboratório.

Com uma equipe de aproximadamente mil funcionários integrados e qualificados, a Lupus Alimentos ainda contribui com a geração de mais de oitenta mil empregos indiretos. A seguir, o gerente de marketing Antenor Romanini fala sobre a empresa e o mercado pet.

Quais são os principais focos de desenvolvimento da empresa neste momento?

A Lupus Alimentos tem como objetivo desenvolver produtos completos, que cumpram a exigência do mercado e atendam às expectativas nutricionais que os pets necessitam. A empresa também investe em equipamentos e tecnologia para manter o padrão das marcas e produtos que comercializa. Com cinco unidades fabris localizadas em Santa Luzia (MG), Rio Bonito (RJ), Ponta Grossa (PR), Guapimirim (RJ) e Feira de Santana (BA), temos como meta ampliar nosso parque industrial e criar novos produtos, para assim aumentar nossa participação no mercado.

Qual o principal diferencial da Lupus em um mercado tão competitivo?

A empresa distribui em todo Brasil e também para alguns países do Mercosul, por meio de uma ampla e eficiente rede de distribuidores, que atende e prepara seus milhares de pontos de vendas. A logística é um de nossos mais importantes diferenciais e, por este motivo, investimos e fortalecemos a relação com os distribuidores.

Em sua opinião, quais são as oportunidades e desafios do mercado pet brasileiro?

As oportunidades são amplas, pois o mercado pet é um segmento em alta já há alguns anos.

Quanto aos desafios, o maior deles, com certeza, é garantir a qualidade e o padrão provenientes das matérias-primas de excelência que utilizamos e vinculá-los a um preço acessível.

Por quais motivos optou por se associar à Abinpet e quais são suas expectativas?

Estabelecer parcerias auxilia no desenvolvimento e na ampliação da visão empresarial – e esse elo é sempre vantajoso a todos os envolvidos. Além disso, acreditamos que ser um associado da Abinpet ajuda a consolidar a marca, e a gerar mais confiança e aceitação dos produtos no mercado pet.

Acesse: http://lupusalimentos.com.br/.

Nutrópica

Pioneirismo e tradição

 

Fundada por um grupo de pessoas apaixonadas pelo o que fazem, a NuTrópica foi criada com a missão de oferecer o que há de melhor e mais sofisticado em nutrição para pequenos animais. Há 20 anos no mercado, a empresa trabalha o conceito de alimento espécie específico, que consiste em basear todo o processo de pesquisa e desenvolvimento dos produtos nas necessidades e características de cada espécie. José Selmi, sócio da empresa, conversou com a Abinpet sobre os desafios do setor e sua paixão por aves.

NuTrópica é pioneira em desenvolvimento e produção de alimentos para aves. O que despertou o interesse neste segmento?

A empresa é resultado de uma paixão pessoal. Sempre gostei de animais e administrava uma empresa de alimento para cães e gatos. Decidi criar a NuTrópica para focar em aves e pequenos mamíferos. Hoje, temos orgulho em ser a primeira empresa na América Latina a desenvolver e produzir alimentos Super Premium para essas espécies.

Qual a representatividade do setor pet para as atividades da empresa?

O setor pet representa 100% do nosso negócio. Nosso foco principal é a produção de alimentos Super Premium, por isso cada produto é elaborado a partir de uma combinação exclusiva de grãos integrais, frutas desidratadas, ovos, mel, etc. Para nós, a saúde, bem-estar e longevidade dos pequenos animais vêm em primeiro lugar.

 

Em sua opinião, quais são as oportunidades e desafios deste mercado?

Devido às mudanças da sociedade, homens e mulheres trabalham, moram em apartamentos pequenos e não mais em casas com quintais grandes. Por isso, o mercado de pequenos mamíferos como ferret, hamster, porquinho da índia aumentou. Então temos um grande potencial de consumo, somando ainda o fato de o Brasil ser o 2° país em quantidade de aves.

Um micro desafio seria mudar o mau hábito das pessoas de alimentar aves com semente e não com ração. Só as sementes não garantem os nutrientes necessários a esses animais. Já o macro desafio seria superar a crise econômica que afeta o país e interfere não só no mercado pet, mas em todos os demais, e faz, por exemplo, o dono do animal comprar alimento sem qualidade.

Por que optou por se associar à Abinpet?

Ser um associado Abinpet foi uma decisão antiga e de grande valia. O setor precisa estar unido para se tornar mais forte e, além disso, a troca de informações e serviços prestados pela associação são muito importantes.

Acesse: http://nutropica.com.br/.

anhambi

Nutrição para a vida!

 

Da parceria entre um grupo de empresários do ramo da distribuição de ração e um corpo de especialistas com experiência técnica e gerencial na indústria de rações, nasceu a Anhambi Alimentos, em 1987. Localizada no Sudoeste do Paraná, a empresa iniciou suas atividades na produção de grãos como milho e soja – ingredientes básicos na composição da ração –, devido à vocação regional. Além de fabricar alimentos para animais de produção e pets, a empresa também possui investimentos na área de geração de energia. A seguir, saiba um pouco mais sobre a empresa na entrevista com o gerente comercial Edson Watanabe:

 

Como é o processo de pesquisa e desenvolvimento de produtos em uma empresa  100% nacional?

Contamos com consultorias especializadas, pesquisa interna e um trabalho de levantamento de informações do mercado junto aos vendedores, lojistas e principais clientes. Tudo isso para produzirmos alimentos com alta qualidade e seguros para os animais.

Em sua opinião, quais os  desafios do mercado pet brasileiro?

A crise econômica que afeta o país nos últimos anos trouxe mudanças sensíveis ao mercado pet. Entre elas, a redução no consumo, margens mais apertadas de lucro e a necessidade de agilidade mercadológica.

Qual o principal diferencial da  Anhambi em um mercado tão competitivo?

O compromisso em oferecer as melhores soluções para alimentação animal fez com que a empresa cruzasse fronteiras, atingisse novos mercados e fosse reconhecida como uma referência em qualidade e diversidade no mercado de rações. Hoje, com 30 anos de mercado, possuímos um portfólio amplo, que abrange várias espécies – tanto pets, quanto grandes e pequenos animais de criação para produção (bovinos, equinos, peixes, aves, roedores).

Quais foram os motivos que os levaram a associar-se à Abinpet?

Ser associada à Abinpet permite que a Anhambi esteja em dia com as informações do mercado, além de proporcionar interação com outros fabricantes.

Acesse: http://www.anhambi.com.br/.

biomart-positivo-cores

Referência em biotecnologia

 

Com um moderno laboratório de pesquisas e uma ampla unidade industrial, a sede administrativa da Biomart está localizada em Martinópolis, no interior de São Paulo. A planta conta com toda a estrutura necessária para atendimento aos seus clientes com praticidade, conforto e tecnologia, proporcionando ações de apoio à capacitação e treinamento técnico de profissionais, agropecuaristas e representantes do setor. Na entrevista abaixo, o coordenador de negócios da empresa, Sérgio Augusto dos Santos, fala sobre a empresa e o mercado Pet.

 

O que compõe a linha pet da Biomart?

Pesquisamos, desenvolvemos e fabricamos blends específicos de microrganismos probióticos, que juntos contribuem de forma mais eficiente para o equilíbrio da flora intestinal dos animais, harmonizando a função digestiva.

Qual o principal diferencial da Biomart em um mercado tão competitivo?

Atualmente a Biomart é a maior fornecedora de aditivos probitóticos do Brasil. Apoiamos nossos parceiros sempre que necessário, desde o desenvolvimento de produtos até treinamentos de equipes técnica e de vendas.  Nosso diferencial também está na capacidade de produção em escala industrial para atender a crescente demanda do mercado, garantindo qualidade e resultados com a utilização de nossos produtos.

Qual o papel das exportações para a Biomart? Quais os principais mercados?

Estamos vivenciando um momento economicamente difícil, mas alguns setores da exportação começam a dar sinais de recuperação. A utilização de aditivos probióticos deixou de ser tendência e hoje já é realidade, com isso, nossas atividades e de nossos parceiros estão em alta, que incluem exportações para países da América Latina, Estados Unidos e Ásia.

Por que optou por se associar à Abinpet? Quais são suas expectativas?

Decidimos nos associar à Abinpet porque acreditamos na força que a união entre empresas do mesmo setor pode gerar. Esse é nosso intuito: somar forças e conhecimento para, juntos, colhermos melhores resultados.

Acesse: http://www.biomart.ind.br/.

hercosul

Pets são a nossa vida

 

Há mais de 15 anos no mercado, a Hercosul Alimentos nasceu em 2001 com os lançamentos das marcas ThreeDog e ThreeCats. Desde então, lança produtos inovadores e marcas consagradas no mercado. Com foco permanente em qualidade e atendimento, a empresa está sempre em busca do que há de mais moderno em tecnologias, nutrição e em técnicas de controle que agreguem qualidade e valor a seus produtos. Paulo Konzen, diretor comercial da empresa, fala um pouco mais sobre os processos da empresa na entrevista abaixo.

Qual tipo de produto a empresa fabrica e quais os principais mercados dentro do setor pet?

O mercado dentro do setor pet é bem amplo, mas a empresa se especializou em alimentos secos e úmidos para cães e gatos. As nossas principais marcas são Biofresh, Three Dogs, ThreeCats, Primocão, Primogato, Átila e Apolo. Nossos departamentos de Desenvolvimento de Produtos e Controle de Qualidade são formados por veterinários, nutricionistas, engenheiros e químicos altamente treinados, o que nos dá a certeza de que estamos fazendo o que há de melhor para o pet.

Como você compreende o setor no Brasil e quais os principais desafios para empreender neste meio?

Acredito que o setor pet ainda é bem promissor, porém, os impostos elevados e a falta de fiscalização dificultam a atuação no mercado.

Qual o papel das exportações para a Hercosul? Quais os principais mercados?

A exportação é uma questão estratégica para empresa. Com ela, buscamos um melhor posicionamento das marcas e dos produtos. Esperamos ter uma parcela bem representativa do faturamento da empresa por conta das exportações, que hoje estão concentradas na  América do Sul. Graças as exportações, o  crescimento almejado até 2020 é de 150%.

Quais foram os motivos que os levaram a se associar à Abinpet?

Entendemos que, unidos, somos mais fortes. E para lutar pelas melhorias que o setor pet precisa, uma associação é mais forte que uma empresa sozinha.

Acesse: http://ww2.hercosulalimentos.com.br/pt.

Soma

Desempenho, carinho e bem-estar animal

Prazer em nutrir é o lema da Soma Alimentos, empresa localizada no município de Rio Pomba, Minas Gerais, desde 1995. Atenta à questão da responsabilidade social, a companhia procura minimizar os impactos da tecnologia na natureza. Por isso, adota medidas para a economia de água e energia. Helder Martins, diretor geral da empresa, fala sobre o desenvolvimento de produtos e os desafios do setor.

Como é o processo de pesquisa e desenvolvimento de produtos em uma empresa 100% nacional?

Muito mais do que rações e suplementos, a empresa oferece produtos completos, funcionais e tecnológicos. As demandas são levantadas pelo time técnico-comercial, composto por profissionais gabaritados e especializados em administração, engenharia de produção, tecnólogo em alimentos, medicina veterinária e zootecnia, sempre buscando o alimento adequado para cada fase do animal.

Qual a representatividade dos pet para as atividades da empresa?

Atualmente, produtos pet representam 25%, enquanto insumos equivalem a 75% do nosso faturamento. Com a ampliação do mix de produtos pet e das áreas de atuação, esperamos que esse segmento alcance 50% do faturamento em um período de três anos.

Como entende os principais desafios do setor atualmente, e qual caminho deve ser trilhado?

A alta carga tributária e a insegurança jurídica são sem dúvida os maiores desafios que enfrentamos. Precisamos demonstrar nossa importância socioeconômica para conseguirmos a revisão da tributação do setor.

Qual a importância de associar-se a uma entidade representativa do setor pet, como é a Abinpet?

Considerando os desafios que encontramos no dia a dia da empresa, somados aos desafios do setor já citados anteriormente, percebemos que ser um associado Abinpet é importante por se tratar de uma entidade muito bem estruturada, que defende e auxilia  as empresas.

Acesse: http://www.somaalimentos.com.br/.