Centagro

Centagro

Crescer nacionalmente e internacionalizar os negócios. Estes são os focos centrais da Centagro, que atua no segmento veterinário com expertise no desenvolvimento, produção e comercialização de produtos destinados aos animais de companhia.  Hoje, participa do mercado com três linhas específicas: XANDOG, ectoparasiticida; CENTAGRO VET, medicamentos e PET SMACK, dermocosmética. A empresa acompanha fielmente o crescimento e a expansão do setor, no intuito de consolidar a marca Centagro em todo o território nacional e internacional. Andréia Tavares Arantes, Diretora de Comunicação & PDI, conta sobre a expansão da empresa e desafios do setor.

Quais são os principais focos de desenvolvimento de sua empresa neste momento?

A prioridade atual é disponibilizar a qualidade dos produtos Centagro e sua consolidação no mercado interno para o mercado externo, por meio da internacionalização da empresa e, como consequência, obter os bônus da exportação como redução da carga tributária, redução do risco de mercado, aquisição de uma cultura exportadora e gerar diferenciação no mercado interno, ao certificar os produtos com padrão internacional de qualidade. A variedade e a qualidade da linha de cosméticos permitem que o ingresso em locais estratégicos na América Latina seja possível.

Quais são os seus diferenciais, além de trabalhar com três linhas que atendem cães e gatos?

Nosso diferencial está na garantia da qualidade de tudo o que produzimos. Investimos constantemente em pesquisa e desenvolvimento de produtos mais modernos com ativos, embalagens e materiais inovadores, seguros, práticos e financeiramente viáveis à realidade de nosso país. Além disso, outro grande destaque é o atendimento ao cliente para a solução de problemas, o esclarecimento de dúvidas e a certeza de oferecer segurança e lucratividade aos nossos parceiros. Realizamos também um trabalho com foco no ensino e treinamento de profissionais ligados ao setor veterinário ou áreas afins, como banhistas, esteticistas animais, proprietários de micro e pequenas empresas, entre outros. Acreditamos que educar é essencial, não apenas para sanar dúvidas, mas também para identificar as dificuldades do dia a dia e transmitir conhecimento embasado em situações reais.

Em sua opinião, quais são os principais desafios do setor? E como agir para solucioná-los?

O maior desafio hoje é o exercício da criatividade e inovação visando a lucratividade frente à política de alta carga tributária. Para a Centagro, é tornar-se cada vez mais presente e conhecida em todo o território nacional e levar nossa expertise para outros parceiros com a internacionalização de nossas marcas.

Criar novos produtos e serviços para ampliar a fidelidade com o cliente e maximizar a lucratividade são os projetos principais, não só para o ano de 2015, mas para o nosso planejamento estratégico de longo prazo.

Por quais motivos optou por se associar à Abinpet e quais são suas expectativas?

A Abinpet é a associação que melhor representa o setor pet brasileiro. A Centagro acredita ser muito útil esse suporte no segmento foco do nosso trabalho com acesso aos dados de mercado, pesquisas e participação de forma mais ativa em ações capazes de gerar conhecimento, estrutura e força para atuar em novos desafios.

Desde que nos associamos, participamos de diversos trabalhos, feiras internacionais e outras ações. Com certeza, sozinhos não teríamos capacidade gestora para tal. O Projeto de Desenvolvimento e Inovação das Indústrias Pet (PDI Pet) é um ótimo exemplo de projeto que pode nos ajudar no nosso principal objetivo, a internacionalização. A parceria com entidades sérias, idôneas e competentes pode alavancar muitas oportunidades e novos desafios e, com certeza, acreditamos e estamos juntos da Abinpet nessa iniciativa e podemos dizer que já colhemos bons frutos.

Acesse: www.centagro.com.br.