Abinpet prepara lançamento da nova edição do Manual Pet Food Brasil

Referência para os fabricantes de alimentos pet, manual terá novidades sobre alimentos coadjuvantes para cães e gatos

 A Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) lança em outubro o Manual Pet Food Brasil 2014. Em sua oitava edição, a novidade fica por conta da apresentação do Guia de Alimentos Coadjuvantes, com informações e orientações sobre a produção de alimentos para animais de companhia com distúrbios fisiológicos ou metabólicos.

O novo guia abordará aspectos relativos às alterações metabólicas em pacientes com distúrbios específicos, suas necessidades na doença e recomendações nutricionais para cada caso, tendo em vista que as necessidades nutricionais desses animais não são necessariamente as mesmas dos animais saudáveis.

Totalmente revisado, o documento estará disponível na versão digital, com aplicativos para tablets e smartphones. O miolo está recheado de práticas e referências mundiais na fabricação de alimentos pet, de interesse tanto das grandes indústrias como de toda a cadeia, já que traz de forma simples e direta as principais informações alusivas ao setor, como as legislações vigentes.

 Com aproximadamente 700 páginas, o manual foi desenvolvido por técnicos e acadêmicos para fornecer a instituições públicas, acadêmicas, privadas e profissionais do setor uma referência de qualidade e segurança para alimentos. O material, que contém informações sobre os padrões técnicos e de qualidade de matérias-primas, parâmetros nutricionais, metodologias analíticas aplicáveis e condições ideais de produção para garantir alimentos seguros aos mercados nacional e internacional, pode ser adquirido por associados e interessados em geral.

O Manual Pet Food Brasil 8ª edição estará disponível para aquisição no www.abinpet.org.br.

Saiba um pouco mais sobre o conteúdo dos oito guias:

  • Guia Nutricional para cães e gatos, com recomendações nutricionais para cães e gatos. 
  • Guia Nutricional para peixes e aves de estimação, que contém informações nutricionais e peculiaridades de espécies de aves e peixes ornamentais difundidos como animais de estimação.
  • Guia de Matérias-Primas, com padrões de identidade e qualidade, segurança biológica, química e física. Além disso, fornece parâmetros que norteiam os requisitos para compra, transporte, estocagem e utilização dos ingredientes para industrialização de alimentos. 
  • Guia de Identidade e Qualidade, que traz definições de produtos, características de composição e qualidade, descrição de processos tecnológicos, principais contaminantes e referências analíticas. 
  • Guia de Sustentabilidade, que aborda temas relacionados à conduta sustentável das empresas, envolvendo as partes tributária, econômica e ambiental, além dos consagrados Guias de Boas Práticas de Fabricação (BPF) e Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC). 
  • Guia de Laboratórios, com diretrizes quanto à amostragem, coleta, métodos analíticos e sistema de qualidade de gestão para laboratórios. 
  • Guia de Legislações, que contemplará as principais legislações relacionadas à Pet Food.
  • Guia de Coadjuvantes, com informações sobre ingredientes e matérias-primas específicos para a fabricação de alimentos destinados exclusivamente a animais com distúrbios fisiológicos ou metabólicos.

Serviço

Manual Pet Food Brasil 8ª ed. 2014 – Licença Anual Digital

Associados: R$ 130,00.

Não associados: R$ 180,00. 

Sobre a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação

 A Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) representa a indústria Pet. A entidade congrega os segmentos Pet Food (alimento), Pet Vet (medicamentos veterinários) e Pet Care (equipamentos, acessórios e produtos para higiene e beleza).

Além disso, a Abinpet tem os métodos mais confiáveis de compilação dos dados do setor e é referência na promoção de ações que tenham por finalidade fortalecer essa cadeia. A projeção é que este ano o faturamento atinja os R$ 16,4 bilhões, um crescimento de 8,2% em relação ao ano passado. É cada vez maior a participação desse setor na economia nacional e, por isso, é parte relevante do agronegócio: até o fim de 2014, estima-se que cerca de 67,3% do faturamento venha dos produtos para nutrição animal, cuja composição é 95% agropecuária, com elementos como milho, soja, arroz, trigo e carnes de aves, bovinos e peixes.

Todos os produtos da indústria de alimentos e medicamentos veterinários são  registrados no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, na Secretaria de Defesa Agropecuária (DFIP e DPOA) e são fiscalizados pelos DFIP, DPOA e Viagiagro.

Para mais informações, acesse: www.abinpet.org.br

Confira o novo canal do Facebook: www.facebook.com/abinpet